quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

VAMPIROS DO FIM DE SEMANA

Todo início de ano as publicações musicais tentam adivinhar qual banda será a grande sensação dos próximos meses. Geralmente elas acertam, pois são o principal canal de informações entre a banda e público e as atenções são viradas para a "aposta" dos criticos.
Parece que as fichas deste ano são para o Vampire Weekend que acaba de lançar seu primeiro disco oficial pela XL Records [gravadora dos, digamos, formatos solidos dos trabalhos do Radiohead]. O grupo é formado por 4 estudantes novaiorquinos que tocam um rock indie inspirado em pop africano. Hã!? Isso ai, mesmo que você leu: pop africano! A gente aqui tá acostumado a chamar isso de world music desde que Paul Simon colava por aqui [e nos deixavam "por-aqui!"] pra fazer um barulho com o povo do Timbalada.
Outro cara que bebeu dessa mistura, como todo mundo bem sabe, foi David Byrne, e ai você pensa: "será então que essa banda é tipos... um Talking Heads muderninho?" Bão, mai-o-meno.


Escutando o disco, dá pra perceber que, além de afro-pop, os rapazotes colocaram muito da new-wave britânica e de ska do tipo que o Clash fazia, deixando a coisa toda bem original, dançante e divertida. Cría que só esses tempos de troca de música pela internet pode proporcionar. Por esse lado, o Vampire Weekend até que é uma boa pedida de banda-que-você-vai-escutar-bastante-esse-ano. Pode começar agora:

mp3: A-Punk

mp3: Oxford Coma

video: Mansard Roof

mp3: Se gostou, o disco completo do Vampire Weedenk está aqui.

Um comentário: